sábado, 6 de junho de 2009

O povo brasileiro

O personagem Policarpo Quaresma, da obra pré-modernista 'Triste fim de Policarpo Quaresma', de Afonso Henrique de Lima Barreto, dizia que o melhor do Brasil eram os brasileiros. O melhor e o pior (essa parte deixo para próxima postagem). Confiram o espírito marqueteiro e desbravador dos tupiniquins:





Lucena Filho

12 comentários:

Angelo A. P. Nascimento disse...

É dose, meu amigo...
A galera pega pesado na ignorância!
rs
Infelizmente, tem muita ortografia desse naipe até dentro de algumas faculdades!
Abração

Angelo A. P. Nascimento disse...

Esqueci de dizer: o melhor é a "flor de zíaco"!
Mas quem é zíaco mesmo, hein?
O craque de futebol?
kkkkkkkkkkk
Abração

Juliana disse...

O Zíaco é do Amazonas e ele tem uma flor !
rsrs
É inacreditável mas
existe, infelizmente.

Lucena Filho disse...

A questão é saber em que lugar exatamente do Amazonas fica a floricultura do Zíaco. Mas, pra mim, a melhor de todas foi a água que rejuvelhece

Barbara Góes disse...

Rejuvelhece pra mim tb foi a melhor..^^

#eurialto

kssvv disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kssvv disse...

A mais fiel foi a palavra "rejuvelhece", pois transparece a pura ignorância da língua portuguesa. Já "A flôr de Zíaco" passa a impressão que foi escrita de forma bem intencional mesmo, para chamar a atenção dos passantes não para o suposto erro de ortografia, mas sim pela dubiedade da palavra com a "afrodisíaco". Faz a pessoa ler, parar, ler de novo, indagar porque escreveram daquela forma e, para os que apreciam um bom guaraná do Amazonas, experimetar mais um especial afrodisíaco à base d"a Flor de Zíaco" (ou será o contrário?). Não importa. O importante foi que o cartaz atingiu seu intento: atrair a atenção dos consumidores. Esse, sim, é um bom marqueteiro.

Breno Machado disse...

Como diria o sábio escriba fenício: "É de lascar, mesmo!". Essa é a bênção e a maldição do típico brasileiro - Quando não sabe, inventa.

Muito bom o blog, Paraíba. Quando tiver um tempinho, visite o meu também, por obséquio: http://rezepelohaiti.blogspot.com/

Grande abraço.

Fernanda disse...

kkkkkkk... que saudade de falar contigo dessas coisas...

Eleandro disse...

concordo com a vivi, eu não pararia para comprar nenhum dos produtos se a propaganda fosse normal. alguns com certeza me chamaria a atenção!!!
Até daria uma olhada pra ver o preço.
Só não dá pra ver na Terça porque obviamente está fechado!!!

Daniel'F disse...

Olá, amigo, aceita troca de banner ou link com meu blog: http://poraodearte.blogspot.com/ - Aguardo resposta. Grato.

Aldri disse...

É por aí: "restaurante serve-serve-se", "proibido barulho sonoro", "temos milho verde de diversos sabores". Ou seja, o "pobrema" vai além da maneira de escrever, é cognitivo mesmo!!!!