segunda-feira, 16 de março de 2009

Tentação

Diz um famoso adágio que a beleza está nos olhos de quem vê. Nem sempre. Há casos onde a formosura independe de uma visão generosa. Ela se expressa por si, irradiando charme, envolvimento e atração, confundindo sentimentos e abalando a festejada racionalidade, típica dos homens.

Ontem tive essa experiência ímpar. Estava eu andando pela calçada (daquele modo despretensioso e contando os passos) de uma rua movimentada, com a cabeça lotada de pensamentos, contas a pagar, diligências a planejar, conflitos sentimentais, quando, de repente, ergui involuntariamente o olhar e fui surpreendido... Parei! Lá estava ela. Majestosa, encarava-me e numa reciprocidade harmoniosa, correspondia a observação.

Confesso que fiquei assustado e por uns dois minutos os olhares foram estonteantes. Ela é daqueles tipos noviça, com a beleza peculiar da juventude e robustez própria do seu tipo. Sempre passava por aquele endereço e nunca a havia percebido. Como não pudera? (pensei)... Meu estado estático e abobalhado contemplando aquela maravilha retumbante me denunciava: estava apaixonado. As palavras de Nelson Rodrigues percorriam os neurônios e declamavam em tom uniforme “as feias que me perdoem, mas beleza é fundamental”.

Foram os cento e vinte segundos mais longos que já tive e deles não queria sair. O mundo havia parado, porém, os pensamentos rotacionavam em euforia. E nesse pequeno tempo, aproveitei e observei cada detalhe da musa, sem que ela percebesse meu encantamento. Nesse momento, senti-me invadido no desejo de tê-la e sem muito esforço imaginei um futuro juntos. Ah, meus caros, vocês precisavam estar lá e desfrutar daquele momento único. Minha visão era simplesmente indescritível. Aquele par de airbags e ainda de brinde, pelo espelho que estava atrás da minha platônica almejada, pude me deleitar vendo a grande traseira. Tentadora.

Deixe-me descrevê-la. Tinha pele negra, mas com um brilho diferente de todas as morenas que já havia visto nos poucos anos de vida. Estava confuso. Sempre afirmara minha preferência pelas brancas. Suas curvas eram simétricas, com toque de modernidade e ar de sedução planejada sem ser vulgar. Não havia um defeito aparente, ou seja, um convite ao toque e contato com cada centímetro de novidade apresentada. Era bem alta, diferenciada. Mesmo resignada, conseguia atrair atenção.

O que fazer? Senti-me tentado como nunca fora. Os instintos masculinos me impulsionavam a investir numa aproximação. O receio bateu a porta, pois a bela continuava imóvel, sem esboçar reação alguma e demonstrando um convite explícito. Daí em diante, fui comandado pelo poder e o total controle sobre os reprimidos desejos. Relutei bastante, imaginando não poder possuí-la. Era demais pra mim. Porém, não resisti e fui me aproximando, pois perdera as rédeas da situação. O instinto, voz (não sei precisar ao certo) me empurrava ao encontro do sonho materializado bem ali na minha frente. Precisava ao menos tocá-la.

Antes de prosseguir, lembrei do conselho materno “meu filho, é sempre importante conhecer o interior”. Dei uma brecada abrupta. Mas daí repensei com meus botões “quem gosta de interior é arquiteto, vou bancar o engenheiro civil aqui”. Mirei novamente e como ela não pestanejou, fui adiante.

Quando não mais resisti, fui chegando aos poucos e antes dos meus dedos deslizarem sobre suas curvas, alguém chegou e disse:

- É a nova Nissan Frontier, modelo 2009, LE 4x4 AT, com 172 cavalos de potência e está na promoção por R$ 112.390,00.

LUCENA FILHO

14 comentários:

Juliana disse...

Em breve...Nas melhores emissoras de televisão ! rsrs
Ótimo!

kssvv disse...

Hilário!!!

Kylze disse...

Fiquei imaginando mainha quando ler esse texto.
Lê duas frases. Pausa. Comentário. "Misericórdia!"

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
Esse é o guru dos blogs, no estilo de LFVerissimo.

Esse arrasou! ;)
=***

Jéssica Ethne disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk
Não da pra parar de rir... agora ficou encontrolavél... tu é Cearense?!! kkkkkkkkkk
; D

Jéssica Ethne disse...

Incontrolável*

Jongleuse disse...

Cliquei em um que me levou pra outro que me levou pra outro e não sei mais como eu cheguei aqui.
Ótimo blog.
Parabéns.

Sônia Maria disse...

Que susto!kkkkkkkkk mas lembrei-me do que tenho lido em Provérbios esses dias...Cautela, prudência. Amo esse menino, filho de Marizinha...kkkkkk Essa foi boa

JESIANA disse...

Marizinha tá toda orgulhosa, assim como a prima. rsrsrsrs
PERFEITO!

Kelly Cristine disse...

Ah, foi Kelly que postou o comentário acima...

Patrícia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk
Quando li "air bags" saquei na hora! Nem me pegou! =P
Eu já fiz um texto assim na universidade.rsrs Só que era uma Mercedes.rsrsr

Ficou ótimo!;)hehe

Patrícia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
nem me pegou! =p qd li "air bags" saquei na hora. já fiz um texto assim na UFRN, só que era uma mercedez. rsss

Ficou ótimo!

Falando de Boca Cheia disse...

Muito legal... Fechou com chave de ouro! :P

Aparecida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aparecida disse...

Sensacional! kkkkkkkk
"Meu filho, tem que olhar o interior"...