sábado, 9 de maio de 2015

De frente pra trás...


Quando eu tinha 16 anos
Branco e magro feito frango 
Vim lá da Rainha da Borborema 
Sem dinheiro pra comprar um Cibalena
Mas no estudo eu me agarrei 
E pra mim mesmo jurei
Que toda a oportunidade 
Surgida na nova cidade
Não iria me fazer um homem superior 
Mas cidadão de bem e lutador 
Que não esquece de onde veio
E mesmo com todo aperreio
Escolheu da batalha não fugir 
E num é que hoje eu 'tô' aqui?!

Um comentário:

Fabiana Lucas disse...

RSRS...quem acredita sempre alcança!