sábado, 18 de julho de 2009

O fantástico mundo de Kylze

Amigos, após tempos monopolizando as postagens, decidi mudar os ares dos escritos. Andei remexendo (eu me remexo muito, eu me remexo muito! Muito! Rá!) os arquivos aqui e encontrei uma produção da irmã menor.

E depois de semanas em puro silêncio, a Fênix com espinhas e autora da postagem com o maior número de acessos deste blog, a caçula de dona Sônia, ataca (ou se defende) novamente. Furtei o texto que se segue de um diário de leitura das aulas de Português da escritora. Poucas palavras, porém não menos interessantes.

Lucena Filho

Natal, 06 de janeiro de 2009.

Nos últimos comentários, nos faltam textos. Textos que rendam comentários, é claro! Não suporto mais falar de revistas, de textos meramente informativos e ficar analisando por todos os ângulos para encontrar um detalhe que gere polêmica.

Procurei em milhões de blogs, google e tudo que tinha direito algo que fosse chamativo. Pedi a amigos... Precisava terminar os textos. Mas, como depois da tempestade vem a bonança, decidi relaxar e caí no capítulo 18 d’A Cabana – o livro que terminara há uns 3 dias.

Antes de começar os capítulos desse livro, William P. Young fez questão de colocar umas frases que tentavam resumir a essência do posteriormente impresso. Com esforço, tentei escolher a melhor delas, a mais tocante... Mas, quando percebi que tudo me interessava, desisti e decidi abrir o livro aleatoriamente. PLIM! Página 223, capítulo 18.

“A fé nunca sabe aonde está sendo levada, mas conhece e ama Aquele que a está levando.” Oswald Chambers.

Não sei, exatamente, o porquê de o livro ter-se aberto nessa página. Prefiro não acreditar que foi destino. Talvez precisava fortalecer minha fé. Ou precisava refletir sobre quem estava levando a minha fé. Em quem eu creio? Será que realmente amo e conheço o ser que conduz a minha fé? Ou será que sou uma mera seguidora de uma tradição familiar?

É demasiadamente complicado definir o que conduz a sua fé. Principalmente, porque se trata de coisas que não se vêem. É bem fácil dizer que acreditamos em vacas, ratos, cadeiras e imagens de escultura porque o nosso Complexo de Nicodemos nos permite apalpá-los. Mas, quando se trata de Deus, é mais fácil escolher a opção “ateu”. No entanto, acreditar em coisas não engloba fé. E é aí que entra o agravante.

Envolver fé com um lado totalmente espiritual talvez seja idiotice. O agravante está quando não percebemos que todo um futuro (material mesmo) é baseado na fé, justamente por se tratar de algo que não se pode ver. Quando não temos fé, estamos comprometendo um futuro. Já pensou na diferença que duas letrinhas e um acento podem fazer na vida?

Agora, imagine uma adolescente, mergulhada numa crise, sem saber o que fazer da vida: medicina, direito, psicologia, jornalismo... E como se não bastasse, surgiram mais alguns cursos para escolher. Dá pra calcular a quantidade de fé (em mols) necessária para resolver um futuro desses?

Kylze

10 comentários:

Carla Cruz disse...

"...futuro (...) é baseado na fé, justamente por se tratar de algo que não se pode ver." (Kylze)
...
Fé eh a certeza de coisas q n se vêem!
Querida, apesar de n te conhecer pessoalmente, vejo o qto encantadora vc eh!
Parabéns!...e, n para de escrever nunca!
Beijo flor!
ps:uma amiga me indicou e eu tow com A Cabana na mão pra começar a ler!rs

kssvv disse...

Uaaauu! A Kylze está linda no texto e na foto (bem natural)! Tamanha inteligência e conhecimento para tão pouca idade. Sentiria imenso orgulho se a minha sobrinha (que tem a sua idade)tivesse essa sua habilidade para escrever (espero que ela nunca leia este comentário para não despertar ciúmes... - rrsss). Como diz a Carla, nunca pare de escrever e tenha certeza de que qualquer curso que vc venha a botar fé e seguir, vc fará tremendo sucesso e terá uma carreira brilhante. Os textos que vc já escreveu, que foram carinhosamente postados por aqui pelo seu irmão, mostram como vc possui sensibilidade, criatividade e capacidade de expor idéias. Atributos de pessoas inteligentes como você e seu irmão. Parabéns!
Ah! O título ficou fantástico. Parece nome de filme.

Kylze disse...

Hehehehe...
Obrigada, pessoal.

Quase contra minha vontade, o texto foi postado. Não é uma produção camoniana não, mas dá pra expressar "dúvidas, angústias e desesperos", como diria o próprio professor de português.

Um beijão.

Carla Cruz disse...

Florzinha,
fica tranquila!
O Pai a quem vc ama e q conduz a sua fé, tbm te conduzirá nas suas escolhas e decisões!
Vc saberá q caminho seguir!
Certeza!;D

ps:Não vejo a hora de começar a ler A Cabana e "PLIM! Página 223, capítulo 18." rs
beijo pra vc querida!

Aline Silveira disse...

Já pensou na diferença que duas letrinhas e um acento podem fazer na vida? LUCENA,Kylze

Eu digo é demasiadamente complicado pensar nela, porém necessário e no meu caso desconfortante por também ser duvidoso...Embora EU acredite em Deus,não acredito em tudo que já li !!! :(

PS:Mas KYLZEEE você manda muuuuuito bem, seria um dom familiar?! Hereditário ?! Esse dom de se Expressar e Impressionar quase SEMPRE?

Grande abraço

Angelo A. P. Nascimento disse...

Lucena, que bacana esses parênteses no seu blog para algum outro expressar e impressionar! Sua irmã escreve muito bem. Tenho que confessar que comprei esse livro há meses, mas ainda não abri, pois tem mais dois na frente que ainda não terminei: "Café da manhã com Tiffany" e "Amor em minúscula".
Em meu blog coloco exatamente meus conflitos de adolescente e passado recente, vindo a confrontar as maneiras com que resolvi ou não meus problemas.
A fé foi componente crucial do vetor que me empurrou a frente das coisas.
Kylze, não se aflija. Não estamos só. Deus nos cuida com amor, apontando o tempo todo para que creiamos em nós como seus instrumentos transformadores do mundo.
Nunca calculei a quantidade de fé que tive que ter ou que tenho de portar agora, mas tenho certeza de que nunca foi grande o suficiente para mover montanhas, embora eu tente todos os dias!
rs
Que felicidade eu teria, se pudesse resolver minha vida de modo estequiométrico!
Abraços e sorte.

JESIANA disse...

F A N T Á S T I C O!!!

Quezia disse...

Olá!
Estava passeando pela net, entrei em um blog que já participo, vi o seu link e resolvi dar uma olhadinha...
Gostei e vou passar a segui-lo!
Abraços e fique com Deus!!!!!

Kylze disse...

Eu gosto assim, quando as pessoas atualizam o blog!kkkkkkkk

Jéssica Ethne disse...

Sem palavras! Essa menina só me enche de orgulho!!! Parabéns meu orgulhinho continue assim q vc ainda conquistará muitos admiradores! ;D rsrsr Que gene o dessa família hein?!

Parabéns sempre Humberto, nunca perca a essência!